fbpx

Momentos tão intensos e cheios de incertezas e instabilidades como essa pandemia do coronavírus fazem com que várias pessoas, assim como eu, se questionem exaustivamente sobre “relevâncias” da vida no geral. 

Por exemplo, no meu caso, o que vem à tona é meu trabalho. Por mais que eu AME o que eu faço, assim como compartilhar dicas e conhecimento, fico pensando se isso seria relevante nesse momento, se não seria melhor me silenciar ou então divulgar mais informações sobre o prevenções ou informações relacionadas ao vírus, mas nem me arrisco, já tem muitas e ótimas informações circulando.

Confesso, também, que chego a ficar um pouco incomodada com as pessoas que compartilham certezas e fórmulas prontas para tudo, se considerando extremamente relevantes: trabalhe assim, faça assado, não faça isso, compre aquilo…

Convenhamos: ninguém, entre nós, passou por uma situação parecida, não sabemos como vai ficar a situação com os hospitais, com o abastecimento dos supermercados e muito menos com a economia (até os especialistas não estou ousando falar). 

Chego à conclusão que só precisamos é viver um dia por vez, tomar precauções necessárias, e “tocar o barco”. As incertezas sempre vão aparecer, mas uma coisa é certa: precisamos prezar pela nossa saúde mental, por nos sentirmos bem.

É por isso que eu tenho procurado ficar mais tranquila e passar o tempo explorando coisas que gosto e que normalmente não conseguiria na correria do dia a dia. Sabe qual é uma delas?

Experimentar roupa. Pois é. 

Para alguns, experimentar roupa é um pavor. Para mim, já foi até “rivotril” em momentos depressivos. Antes mesmo de ser consultora, adorava fazer composições diferentes com que já tinha. Hoje, com mais experiência nessa área, os denominados “Dia de Looks” fazem parte do meu serviço de consultoria e são mais que essenciais na fase de se (re)descobrir com o que temos no nosso armário.

Fonte: GIF – https://gph.is/2icEsOb

Então, o que eu vou compartilhar com vocês hoje não é como fazer álcool gel em casa (queria), mas é mais uma dica para você passar umas horinhas identificando o que você gosta de vestir, o que de deixa feliz e como fazer seu guarda-roupa render. Mesmo que seja para ficar em casa toda linda na quarentena (rindo para não chorar).

Então vamos lá: vou te falar como eu faço com algumas fotos ilustrativas. Vai ser praticamente um guia para te ajudar nessa brincadeira:

1. Separe e organize as peças

Quando faço um dia de looks começo separando as partes de baixo, partes de cima, casacos, sapatos e acessórios e coloco tudo em cima da cama (os sapatos não, claro!)

2. Tática de Combinações

Geralmente, escolho uma parte de baixo para começar (calça, saia, short) e separo, no mínimo, 4 peças de cima, acessórios e sapatos para a cliente provar, mas nada impede de escolher 1 parte de cima e variar as partes de baixo.

3. Teste de formas de uso

Testamos com a blusa pra fora, para dentro, abotoamos a camisa até o fim, deixamos aberta, existe uma imensidão de soluções. Para cada composição que experimentamos, eu fotografo e crio uma galeria que envio para ela depois.

Experimente também! Tire foto em frente ao espelho com diferentes composições e crie uma pasta no celular, no Pinterest, onde achar melhor, assim você conseguirá acessar sempre que tiver dúvidas sobre o seu estilo ou mesmo para acompanhar sua evolução ou somente para testar se gosta ou não.

Quer Receber novidades?

Deixe seu comentário