C onsumir de forma consciente e com sabedoria é o novo chic. E não é uma simples tendência: hoje, 1 caminhão de lixo têxtil é descartado por segundo no mundo. Segundo dados levantados, em 2017, pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), o Brasil gera, por ano, 170 mil toneladas de lixo têxtil. Faz sentido repensarmos nosso consumo, certo?

Isso se traduz, também, na necessidade de nos vestirmos com propósito. É por isso que o conceito Armário Cápsula (res)surge como uma boa solução. O objetivo é otimizar: saber usar roupas que passem as mensagens necessárias sobre nós, tenham nossa cara, e que nos economize dinheiro para gastar com outras prioridades da vida. Perfeito, né? 

Muito mais ligado à praticidade e estilo do que sustentabilidade propriamente dita, o conceito foi desenvolvido por Susie Faux, escritora do livro “Wardrobe: Develop Your Style and Confidence” (em português Armário: Desenvolva seu estilo e confiança)  em 1970.

O conceito virou febre, em 2014, depois que a norte-americana Caroline Joy, criadora do blog Un-Fancy, propôs um armário com 37 peças, que seria renovado sazonalmente, ou seja, de 3 em 3 meses.

Mas existe uma receita de bolo para armário cápsula?

Aqui no Brasil, como não temos estações bem definidas, talvez não faça sentido renovar o guarda-roupa a cada 3 meses (e vamos combinar, nem é tão sustentável assim). Na minha experiência de trabalho, acredito que o ótimo é ter por volta de 60 peças. 

Mas isso não é regra, ok? E, nessa conta, não entram roupas de academia, de ficar em casa, de praia, pijama, acessórios e sapatos. O importante é você fazer o processo até chegar no seu armário cápsula e definir quantas peças ele precisa ter para servir à sua rotina. 

Gostou da ideia e quer fazer o processo para tornar seu armário uma cápsula? Entre em contato comigo clicando aqui. E ah, não deixe de acompanhar mais dicas sobre como criar seu armário cápsula tornando-o mais prático, sustentável e estiloso. 

→ Se inscreva na newsletter para mais dicas de como criar um armário cápsula para chamar de seu (e muitos outros conteúdos de estilo, sustentabilidade e praticidade!) 

→ Me siga nas redes sociais

Quer Receber novidades?

Deixe seu comentário