S e você me acompanha nas redes sociais, já deve ter visto eu falando sobre o Armário Cápsula e porque ele é tão importante nos dias de hoje. Quer saber mais como surgiu esse conceito? Clique aqui! O objetivo dele que você tenha mais versatilidade e autonomia na hora de se vestir, deixando no seu armário apenas aquelas que peças que tenha sua cara e que você ame. e que nos economize dinheiro para gastar com outras prioridades da vida.

Então vamos ver como montar o seu?

Quantas peças formam um armário cápsula?

Não existe um número ideal ou uma fórmula mágica para criar um guarda-roupa cápsula. Caroline Joy, ao criar o armário com 37 peças, fez uma avaliação da quantidade de peças que achava necessário ter. Para você saber, as 37 peças se dividem em:

  • 15 peças de cima;
  • 9 peças de baixo;
  • 2 vestidos;
  • 2 casacos;
  • 9 pares de sapatos.

Você não precisa seguir a risca a fórmula dela. Na minha experiência de trabalho, acredito que ter por volta de 60 peças, que possam ser usadas ao longo do ano todo, está ótimo. Mas não fique presa à números, pense que seu guarda-roupa precisa ter uma quantidade de peças que você consiga sempre usar, sem excessos e sem faltas.

O ideia é criar um armário que esteja de acordo com as suas necessidades e estilo de vida. Por exemplo: se você acha vestido uma peça desconfortável, não precisa ter, não é mesmo? Dê preferências para calças, shorts. Se você trabalha o dia todo e vai pouco em festas, dê preferência para roupas que você conseguirá usar no trabalho.

Fiz uma lista com dicas para ajudá-la a criar seu guarda-roupa cápsula:

  • Autoconhecimento

Avalie se a peça tem a ver com o seu estilo pessoal, se faz seu coração bater forte. Não sabe quais são essas peças? Ter um guia de estilo pode te ajudar nesse processo.

  • Figurinha repetida não enche álbum

Não adianta ter 10 blusinhas iguais, ok? A sensação é que você estará sempre com a mesma roupa. Procure variar ao máximo modelagens, cores, texturas.

  • Busque dicas de moda e estilo

Procurar por referências do que você gosta pode inspirar na hora de selecionar as peças e ajudar a pensar diversas formas de usá-las.

  • Monte listas de peças

Faça uma lista das peças que você já tem e outra de peças que você acha que falta no seu guarda-roupa. A ideia é não ter peças repetidas (quantas calças flare você já tem? Se for 1, ok! Se for 2 ou mais, quem precisa de tanta calça flare? Pense em substituí-las por outros modelos, jogger, clochard, e por ai vai)

A lista irá te ajudar a variar na hora das compras e evitar comprar peças repetidas.

  • Contenha os impulsos de consumo!

Pode acontecer de pintar AQUELA vontade de comprar algo novo. Calma, segura a emoção! Nesse caso, consulte sua lista de “peças que estão faltando”. A peça está na lista? Ela vai ajudar a criar mais variações com as peças que já tenho? Eu vou usar muito? Eu amei do fundo do coração? Se todas as respostas forem SIM, pode comprar.

  • Monte um Lookbook

Depois de selecionar as peças que ficam, é hora de experimentar. Escolha uma peça de baixo e tente fazer ao menos 3 combinações diferente. Assim você exercita sua criatividade e descobre diversas maneiras de usar a mesma peça.

Gostou? Aproveite para se inscrever na newsletter, lá vou dar algumas dicas e irei disponibilizar uma lista que irá ajudar no processo de criar um armário cápsula para chamar de seu. Semanalmente, envio dicas como essas no seu e-mail. Ah, eu também sempre compartilho boas informações nas minhas redes sociais. 

Agora, se você quer um projeto personalizado de armário cápsula, conte comigo que te ajudo no passo a passo da identificação de estilo e otimização de armário, clique aqui e confira!

Fonte:
Foto capa: Photo by Kai Pilger from Pexels

Gif: https://gph.is/19LN9TL
Foto 1: https://onpointfresh.com/wp-content/uploads/2017/09/back-school-shirts.jpg
Foto 2: https://ysms.akamaized.net/Assets/GalleryImage/72/473/L_g0071847372.jpg
Foto 3: https://wp-cdn.etiquetaunica.com.br/blog/wp-content/uploads/2019/11/23142308/post-guarda-roupa-capsula2-231119.jpg

Quer Receber novidades?

Deixe seu comentário